10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade

Aclamado em diferentes partes do mundo, o hambúrguer é tão popular que possui um dia só seu no calendário. Na data de 28 de maio, celebra-se mundialmente o Dia do Hambúrguer, a paixão dos amantes de carne e também dos vegetarianos, claro! Como todo clássico, o prato ganhou diferentes receitas e hoje pode ser encontrado versões com salmão, peru, frango ou mesmo nenhuma proteína animal. 

 

10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Getty Images)10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Getty Images)

 

Se você é do time que não dispensa um bom hambúrguer, prepare o bloco de notas e salve as sugestões que reunimos a seguir. Tem lanche para todos os gostos! Ah, e depois de saciar a vontade, por que não adoçar o paladar? Estas 28 receitas de sobremesas fáceis são irresistíveis e perfeitas para qualquer ocasião. 

1. Hambúrguer com cebola crocante
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)Receita criada pela Seven Kings Burgers N' Beerspossui ingredientes que remetem à culinária britânica

Um fim de semana descontraído e divertido pede um hambúrguer. Quando ele leva cebolas crispy e um molho especial, a refeição fica melhor ainda! Essa receita criada pela Seven Kings Burgers N' Beers possui ingredientes que remetem à culinária britânica. Clique no link e veja como preparar o hambúrguer com cebola crocante

2. Hambúrguer com crispy de bacon
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)Lanche leva cheddar, cebola caramelizada no shoyu e bacon crocante

 

Preparada a partir de um blend de carnes nobres, esta sugestão é perfeita para quem gosta de lanches bem suculentos. O Peraltex Burger, servido na hamburgueria Luz, Câmera, Burger!, leva cheddar, cebola caramelizada no shoyu e bacon crocante. Deu água na boca? Aprenda receita saborosa com crispy de bacon.

3. Hambúrguer de camarão
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)O recheio é semelhante a um tempurá grelhado e fica crocante, suculento e cheio de sabor

Para muitos, comer frutos do mar faz parte de uma experiência de praia, mas as iguarias que são a cara do verão não precisam ficar restritos ao litoral. Prova disso é essa receita de hambúrguer de camarão leve, refrescante e com gostinho de mar criada pela DellMare. O recheio é semelhante a um tempurá grelhado e fica crocante, suculento e cheio de sabor. Confira o passo a passo do hamúrguer de camarão

4. Hambúrguer vegetariano de feijão
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)Prato tem sour cream e uma peculiaridade: leva grãos no lugar da proteína animal

 

São inúmeras as formas de fazer um hambúrguer sem carne. Esta, parte do cardápio do Encarnado Burger, criada pelo chef Pedro Matto, tem ainda sour cream e uma peculiaridade: leva grãos no lugar da proteína animal. No link, aprenda a receita de hambúrguer vegetariano com feijão.

5. Hambúrguer caseiro simples
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)A maionese especial deixa o hambúrguer do chef Thiago Gil delicioso

 

Um hambúrguer bem feito é sempre irresistível. Esse, criado pelo chef Thiago Gil, do KoBurger, tem ainda uma maionese especial que deixa o lanche delicioso. Clique no link e aprenda a receita de hambúrguer caseiro.

6. Hambúrguer com cogumelos
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)Criação do restaurante Nou leva pimenta-do-reino preta e caldo demi-glace

 

Este hambúrguer de fraldinha com gruyère e molho de cogumelos é uma das criações mais pedidas do Nou, restaurante do trio Paulo Sousa, Amilcar Azevedo e Tiago Del Bianco. Apetitoso, o prato leva pimenta-do-reino preta e caldo demi-glace. Aprenda a preparar hambúrguer com cogumelos.

7. Hambúrguer de cordeiro
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)A delícia fica ainda melhor servida no pão de tomate seco e cardamomo 

O chef Filipe Rizzato, do restaurante carioca Pérgula, cedeu à Casa Vogue a receita de um hambúrguer com carne de cordeiro, rúcula, shitake salteado na mostarda de abóbora. A delícia fica ainda melhor servida no pão de tomate seco e cardamomo e acompanhada de chips de batata baroa com cominho. Clique no link e faça o seu próprio burguer de cordeiro.

8. Hambúrguer de salmão com molho thai
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)Hambúrguer de salmão é uma boa pedida para quem quer fugir do óbvio e arrasar na apresentação do prato

 

Criada pelo P.J. Clarke's, esta versão do lanche ganha toques de sofisticação com peixe e molho especial entre os ingredientes. É uma boa pedida para quem quer fugir do óbvio e arrasar na apresentação do prato. Descubra como fazer o hambúrguer de salmão com molho thai

9. Hambúrguer de grão-de-bico, linhaça, espinafre e pepino
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)Hambúrguer vegetariano é feito com grão-de-bico, linhaça, espinafre e pepino

 

O chef Thiago Medeiros cria receitas inspiradas em uma filosofia de vida saudável, buscando sempre um mundo com mais consciência alimentar. Sua versão para o tradicional hambúrguer não poderia ser mais especial – e saborosa! Aqui, a grande estrela é feita com grão-de-bico, linhaça, espinafre e pepino. Aprenda a fazer o hambúrguer vegetariano e saudável

 

10. Hambúrguer de costela suína
10 receitas de hambúrguer diferentes para matar a vontade (Foto: Divulgação)Receita leva queijo cheddar, cebola caramelizada e purê de maçã

 

Com panceta, o hambúrguer "Porco Feliz", servido no restaurante Vinno Tinto, é uma ótima opção para quem quer fugir do tradicional sanduíche com carne de boi. Bastante agridoce a receita ainda leva queijo cheddar, cebola caramelizada e purê de maçã – tudo envolto em um curioso pão vermelho. Siga o passo a passo da receita de hambúrguer de costela suína.

130 m² com marcenaria funcional e decoração clássica

A metragem e a localização deste apartamento de 130  m², na Vila Mariana, em São Paulo, agradaram muito um casal com dois filhos pequenos. Para acomodá-los com conforto, entretanto, a família sabia que precisaria investir em uma boa reforma com a intenção de deixar os ambientes mais fluidos.

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Cozinha integrada (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Living integrado (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

 

 

 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Entrada (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia) (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

“A maior necessidade deles era transformar um apartamento compartimentado em um lugar amplo e com muita integração. A ideia era que o proprietário pudesse receber e cozinhar com toda a família e os amigos reunidos”, explica Daniela Capo, do escritório NOSSA Casa Arquitetura, responsável pelo projeto. 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Cozinha (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

A obra começou, portanto, derrubando algumas paredes. Assim, a cozinha com ilha foi totalmente incorporada à sala, permanecendo setorizada apenas por um piso de resina. Além disso, a marcenaria, de inspiração escandinava, protagoniza a cena por ali e dialoga com os painéis de madeira, da mesma padronagem, na lateral da área social. 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Sala de jantar (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

Em seguida, a sala de jantar foi reposicionada na varanda, que também ganhou um balanço com jardim vertical ao fundo.

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Balanço (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Sala de TV (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

Do outro lado do living, a profissional desenhou mais um painel de madeira sob medida. Alinhados milimetricamente, os frisos servem para emoldurar a TV e mimetizar a porta que dá acesso à área íntima.

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Vista ampla do living (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Quarto de casal (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Quarto de casal (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

Para finalizar, na suíte do casal, optou-se por manter o aspecto elegante do décor, adicionando alguns elementos-chave do estilo clássico, como as boiseries e a cabeceira texturizada.

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Quarto da menina (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Quarto da menina (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

130 m² com marcenaria funcional e décor com toques clássicos (Foto: Cris Farhat Fotografia)Quarto do menino (Foto: Cris Farhat Fotografia)

 

No quarto das crianças, a marcenaria é mais uma vez o destaque. As camas, feitas sob medida, simulam uma parede de escalada no dormitório do menino; e no da menina formam um cantinho para as bonecas. Tudo em perfeita harmonia com a personalidade de cada um dos dois.

Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo apresenta projetos que transformam áreas urbanas e rurais

Começa nesta sexta-feira, 27, a 13ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo. Com o tema Travessias, o evento, que é desenvolvido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil de São Paulo (IAB-SP) aborda o impacto da pandemia nas desigualdades socioespaciais que já se estabeleciam. 

 

 

 

 

Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo apresenta projetos que transformam áreas urbanas e rurais (Foto: Divulgação)Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo apresenta projetos que transformam áreas urbanas e rurais (Foto: Divulgação)

 

Para elaborar a temática, a equipe curatorial partiu do conceito de travessias definido pela historiadora Maria Beatriz Nascimento, (1942 – 1995), que trata dos aspectos permanentes do passado colonial e das diásporas, além de observar o que se altera nos deslocamentos das populações pelo mundo.

Na cerimônia de abertura, que ocorre no Sesc Avenida Paulista, a arquiteta e urbanista Joice Berth, conduzirá uma conferência intitulada “Entre Calvino e Ferrigno: as memórias do corpo na cidade invisível da Preta Quitandeira”. A profissional, que pesquisa o direito à cidade com recorte de gênero e raça, participou, inclusive, da última edição do Casa Vogue Experience

+ LEIA MAIS: Joice Berth avalia a importância da representatividade feminina no planejamento urbano

Além do Sesc, a bienal contará com exibições no Centro Cultural São Paulo, transmissões virtuais de conferências, mesas temáticas e performances, e atividades que ocuparão outros equipamentos dispostos na via paulistana, como Itaú Cultural e Instituto Moreira Salles.

Destaques

O evento deste ano reúne dez convidados pela curadoria, que realizarão instalações artísticas, e 23 trabalhos escolhidos por uma chamada aberta. A seleção deu ênfase a projetos que evidenciam narrativas de povos e grupos que são e foram historicamente violentados no país e no mundo.

Entre os participantes, está o arquiteto Francis Kéré, vencedor Prêmio Pritzker 2022. Natural de Burkina Faso, o profissional é internacionalmente reconhecido por iniciativas com ampla consciência social e ambiental. Após anos estudando no exterior, Kéré retornou à sua comunidade natal com o intuito de construir espaços com materiais e técnicas locais, resgatando sabedorias ancestrais. 

Quem também estará presente na bienal é o artista visual Jaime Lauriano, cuja produção busca trazer à superfície traumas históricos, em uma proposta de revisão e reelaboração coletiva da História. Ele é um dos autores da Enciclopédia Negra (2021) e já conversou com a Casa Vogue sobre a obra e a importância da representatividade no mercado das artes.

+ LEIA MAIS: 5 ONGs que oferecem arquitetura para pessoas de baixa renda

Mais um destaque do evento é a participação do projeto Arquitetura na Periferia, de Minas Gerais, O projeto social visa a melhoria da moradia para mulheres que vivem em periferias. A ação promove o aprendizado de técnicas de projeto e planejamento de obras para que as moradoras conduzam com autonomia e sem desperdícios as reformas de suas casas.

 

Mais detalhes sobre a Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, que termina no dia 17 de julho, estão disponíveis no site oficial do evento.

50 anos de Ivete: 5 passeios para fazer em Juazeiro, cidade onde a cantora realizará show de aniversário

Ivete Sangalo 50 anos: 5 passeios para fazer em Juazeiro, cidade onde a cantora realizará show de aniversário (Foto: Reprodução)Ivete Sangalo em ensaio para a apresentação de aniversário (Foto: Reprodução)

 

Esta sexta-feira (27) será de festa no município de Juazeiro, na Bahia. Isso porque a cantora Ivete Sangalo, nascida na cidade, irá comemorar o seu aniversário de 50 anos com um show especial na Orla Nova, às margens do Rio São Francisco.

 

Com quase 220 mil habitantes, o local oferece várias atrações turísticas, como o navio Vaporzinho, o Museu do São Francisco, a Ponte Presidente Dutra, a Estátua Nego D'água e as vinícolas da região. Para celebrar a data, Casa Vogue selecionou cinco passeios imperdíveis para fazer por lá — mas depois do show da Ivete, é claro!

1. Orla de Juazeiro

 

 

Ivete Sangalo 50 anos: 5 passeios para fazer em Juazeiro, cidade onde a cantora realizará show de aniversário (Foto: Getty Images)Pôr do Sol no Rio São Francisco (Foto: Getty Images)

 

Considerada a grande estrela da cidade, a Orla de Juazeiro é o local perfeito para os que querem relaxar e desfrutar de uma vista encantadora do Rio São Francisco. Boa para passear à pé, a orla tem diversas atrações, como a estátua do Nego D'água, um dos principais cartões-portais da cidade, bons bares e restaurantes, e parque infantil para os turistas que estiverem com crianças pequenas.

É recomendado que o passeio seja feito no final da tarde para apreciar o belíssimo pôr do sol com a melhor vista panorâmica de Petrolina, cidade que fica do outro lado do rio.

2. Ponte Presidente Dutra

 

 

Ivete Sangalo 50 anos: 5 passeios para fazer em Juazeiro, cidade onde a cantora realizará show de aniversário (Foto: Divulgação)A ponte liga a Bahia ao Pernambuco (Foto: Divulgação)

 

A Presidente Dutra é uma ponte que liga as cidades de Petrolina, no Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia. Construída na década de 1950, foi a segunda ponte em concreto protendido do Brasil.

Semelhante às pontes europeias, a Presidente Dutra pode ser atravessada à pé ou de carro. São 801 metros de extensão sobre o Rio São Francisco com uma vista de tirar o fôlego. É indicado que a caminhada comece na Orla de Juazeiro e continue pela ponte para que o passeio seja completo!

3. Vapor Saldanha Marinho

 

 

Ivete Sangalo 50 anos: 5 passeios para fazer em Juazeiro, cidade onde a cantora realizará show de aniversário (Foto: Trip Advisor)O barco está na Orla de Juazeiro (Foto: Trip Advisor)

 

O Vapor Saldanha Marinho é conhecido por ter sido o primeiro barco a navegar nas águas do Rio São Francisco. Construído na Inglaterra, ele foi levado para o Rio de Janeiro e inaugurado em 1871. Cada viagem durava dias, e foi assim por quase 60 anos.

Atualmente, o barco a vapor está atracado na Orla de Juazeiro e se tornou um Navio Museu, possuindo estátuas de personagens ilustres da cidade, como o cantor João Gilberto e o jogador de futebol Daniel Alves.

4. Cachoeira do Salitre

 

 

Ivete Sangalo 50 anos: 5 passeios para fazer em Juazeiro, cidade onde a cantora realizará show de aniversário (Foto: TripAdvisor)Passeio fica a 39 quilômetros de Juazeiro (Foto: TripAdvisor)

 

Conhecida também como Gameleira, por ter uma árvore com esse nome ao lado da queda d'água, a Cachoeira do Salitre é uma ótima opção de passeio para o verão. Localizada a 70 quilômetros de Petrolina e 39 de Juazeiro, o cenário natural fica na bacia do Rio Salitre, sendo a única cachoeira da região. 

Para chegar, é necessário ir de carro, e após a estrada é preciso fazer uma caminhada pela caatinga até chegar no lago e se deparar com a deslumbrante queda d'água. É recomendado que os turistas levem alimentos para consumo, pois o local não possui comércio fixo. 

5. Vapor do São Francisco

 

 

Ivete Sangalo 50 anos: 5 passeios para fazer em Juazeiro, cidade onde a cantora realizará show de aniversário (Foto: Divulgação)O Vapor tem cinco diferentes opções de roteiros (Foto: Divulgação)

 

O Vapor do São Francisco é um ótimo passeio para os apaixonados por vinhos. Inaugurado em 2011, o roteiro envolve os dois municípios, Petrolina e Juazeiro, e possui cinco opções de viagens curtas. Para quem quer sair da cidade baiana, recomendamos o passeio Vapor do Sol, que parte do Terminal da Barquinhas Orla 1, e navega nas margens do rio por duas horas.

 

Os outros roteiros saem de Petrolina, Pernambuco, mas também são ótimas pedidas para os que querem se divertir com música ao vivo, degustação de espumantes e almoço à bordo. Todos os passeios podem ser conferidos pelo site.

A rolha do vinho quebrou no gargalo? Saiba o que fazer!

Seja por falta de habilidade ou simplesmente má sorte, é comum termos problemas com a rolha ao abrir uma nova garrafa de vinho. Mas calma, isso não significa que sua noite foi arruinada! Muitas vezes, principalmente em safras mais antigas, a rolha pode estar fragilizada por conta do tempo ou pela umidade, e é normal que ela fique presa no gargalo ou se desmanche e caia dentro da garrafa. Abaixo, revelamos a solução para o problema.

What to do if your wine cork breaks or crumbles. Damaged wine corks can be removed. (Foto: Getty Images)Rolha pela metade no gargalho de um vinho (Foto: Getty Images)

 

 

O sommelier Leandro D'Kessadjikian, explica que, após esses imprevistos, na maioria dos casos, o vinho ainda estará bom para beber e sua qualidade será a mesma. Porém, como não existe uma regra universal, é melhor reservar o julgamento até você ter provado a bebida.

Dessa forma, caso a rolha fique pela metade no gargalo, o especialista explica que a primeira atitude a tomar é tentar retirá-la de forma cuidadosa com o próprio saca-rolhas.

"Insira a espiral do saca-rolhas na cortiça, em uma inclinação de 45° e tente puxá-la suavemente. Outra alternativa é utilizar um saca-rolhas tipo pinça, o que exige um pouco mais de delicadeza. As lâminas devem ser inseridas entre a rolha e o gargalo cuidadosamente, fazendo pequenas rotações até que a cortiça se desprenda totalmente da garrafa." comenta.

Close up of a wine pour. (Foto: Getty Images)Servindo o vinho (Foto: Getty Images)

 

Diante dos pedaços de rolha que caíram dentro da bebida, o ideal é utilizar um decanter e filtrar o vinho antes de servir. Porém, caso você não possua esse acessório em casa, basta utilizar "um funil para vinho, um coador, um filtro de papel ou até mesmo uma gaze", sugere. Outras opções incluem um pano de algodão e até mesmo uma peneira.

Vale ressaltar que, caso os imprevistos com as rolhas sejam recorrentes, é bom investir em um "recuperador de rolhas", uma espécie de pinça que retira os pedaços caídos dentro da garrafa. 

Outra dica é optar por saca-rolhas do tipo pinça (ou de lâminas paralelas) para aquelas safras mais antigas, pois a chance da cortiça estar ressecada e fragilizada por conta do tempo é maior. Anotou as dicas? Agora basta abrir a garrafa e aproveitar!

Casa de campo sofisticada ganha deck generoso de 700 m²

Casa de campo sofisticada ganha deque generoso de 700 m² (Foto: André Mortatti/divulgação)No living inundado por luz natural, o mobiliário segue as grandes proporções da casa: sofá Illy e mesa lateral Vidre (à esq.), ambos da Artefacto, mesas de centro Edge, design Estúdio Lider de Design, e sofá Gomos, design Suite Arquitetos, tudo para a Lider Interiores, e mesas de apoio Croma, da Artefacto – um par de poltronas Annette, de Jorge Zalszupin, na Etel, completa o conjunto, disposto sobre tapete de tear manual da Vitrine

 

 

 

 

Casa de campo sofisticada ganha deque generoso de 700 m² (Foto: André Mortatti/divulgação)Sala de jantar com mesa Bloom IV e cadeiras Nori, da Artefacto, e, ao fundo, bufê Laos, da mesma loja, com galhos de cerejeira e folhagens nos arranjos de Maria Emília Morozini – na iluminação, brilha o pendente Aim, design Ronan e Erwan Bouroullec para a Flos, na Casual Móveis

 

 

Casa de campo sofisticada ganha deque generoso de 700 m² (Foto: André Mortatti/divulgação)O espaço gourmet tem a hegemonia dos tons de cinza quebrada pelo aço corten nas placas de metal da Coppermax, acima da bancada de pedra sinterizada Neolith, da Pérola Mármores e Granitos, e balcão de travertino silver com tampo de madeira ebanizada da Madero Marcenaria, ponto de apoio para as banquetas Onda, da Galeria das Lonas – em primeiro plano, mesa Turen II e cadeiras Strap III, todas da Artefacto Beach & Country

 

Casa de campo sofisticada ganha deque generoso de 700 m² (Foto: André Mortatti/divulgação)Diante das tamareiras, há espreguiçadeiras Aruanda e ombrelones Parati, tudo da Galeria das Lonas, à frente da piscina de borda infinita com hidromassagem – o paisagismo é de Caterina Poli)

 

Casa de campo sofisticada ganha deque generoso de 700 m² (Foto: André Mortatti/divulgação)A sauna, revestida de granito natural Itaúnas, da Porto Pedras, oferece vista para o jardim através das janelas emolduradas em aço corten

 

Casa de campo sofisticada ganha deque generoso de 700 m² (Foto: André Mortatti/divulgação)Visto por outro ângulo, o living recebe luminosidade natural por meio de brises verticais de madeira – à frente deles, a parede solta que contém a lareira e a adega destaca quadro do artista francês Bernard Pras, na Sergio Gonçalves Galeria

 

 

Casa de campo sofisticada ganha deque generoso de 700 m² (Foto: André Mortatti/divulgação)O lavabo se beneficia de uma claraboia que dissemina luminosidade sobre a bancada de travertino silver, da Pérola Mármores e Granitos, e as paredes forradas de papel linho, da Vitrine

 

Casa de campo sofisticada ganha deque generoso de 700 m² (Foto: André Mortatti/divulgação)O quarto de casal se vale da elegância do carvalho natural, da Madero Marcenaria, na parede e na bancada – cadeira New e poltrona Lilly, ambas design estúdio Nada Se Leva para a Lider Interiores, e enxoval da Trousseau

 

 

Ao atravessar o living rumo à área externa desta casa de campo de 1.000 m² em Itu, São Paulo, a sensação dos moradores é de fluidez, em meio à diversidade do design que ocupa os espaços. O arquiteto Fabio Morozini priorizou revestimentos nobres – mas o resultado se mostra absolutamente despojado.

Receita de caldo: aprenda a preparar 4 opções deliciosas

Receita de caldo verde: saiba como  fazer com duas opções simples (Foto: Pixabay)Caldos são excelente opção de refeição para dias mais frios (Foto: Pixabay)

 

Basta esfriar nesta época do ano e a vontade de tomar caldo aumenta. Quem fica com preguiça de sair para comer e acredita que o prato não chegará bem se pedir por delivery, pode preparar em casa estas quatro versões – tem até uma receita japonesa. Anote e saboreie!

 

1. Caldo verde

 

Receita de caldo verde: saiba como  fazer com duas opções simples (Foto: Divulgação)Receita de caldo verde (Foto: Divulgação)

 

A versão que vem imediatamente na cabeça de muita gente quando se fala nesse tipo de comida é o caldo verde. Afinal, essa é a receita que traz aquela sensação incrível de conforto a cada colherada. O melhor? É possível prepará-lo em apenas três passos. Veja como!

2. Caldo de sururu
Aprenda a preparar o famoso caldo de sururu (Foto: Matheus Leite/Divulgação)Caldo de sururu (Foto: Matheus Leite/Divulgação)

 

Sucesso no Nordeste, o caldo de sururu requer vários temperos e leite de coco, mas vale a pena. Só não esqueça de lavar bastante o molusco na água corrente, para tirar toda a areia que possa estar nele. Confira !

3. Caldo de mandioquinha

 

  •  

Caldo verde, caldo de mandioquinha e creme de palmito: confira 3 receitas fáceis e ideais para aquecer em dias frios  (Foto: Divulgação)Caldo de mandioquinha (Foto: Divulgação)

 

Usada também em sopas, a mandioquinha fica deliciosa na versão caldo, sendo uma refeição repleta de vitaminas, minerais e propriedades anti-inflamatórias. Esta receita rende até 12 porções – spoiler: não esqueça do pão para acompanhar! 

4. Udon
Udon: macarrão japonês servido em caldo quente é perfeito para o inverno (Foto: Rubens Kato/Divulgação)Udon é perfeito para o clima de inverno (Foto: Rubens Kato/Divulgação)

 

Este macarrão japonês servido em caldo quente tem massa à base de trigo e é montado com ovo cozido em baixa temperatura, camarão e cebolinha. Ficou curioso? Aqui você descobre como se prepara o Udon!

Parede geométrica: 4 ambientes que apostam na pintura divertida

10 dicas para fazer uma parede geométrica sem erros (Foto: Instagram/@cenourasfrescas)


 

Queridinha dos fãs de decoração com ares de Pinterest, a parede geométrica garante um toque único e cheio de personalidade a qualquer cômodo do lar. Em dúvida de como utilizá-la? Casa Vogue te ajuda na missão. Confira a seguir cinco ambientes com parede geométrica e inspire-se!

 

1. Sala de jantar

 

Pintura geométrica na parede: ideias para mudar a decoração já (Foto: Divulgação)Pintura geométrica na parede: ideias para mudar a decoração já (Foto: Divulgação)

 

Um dos ambientes mais utilizados em casa, a sala de jantar não pode ser sem graça! Neste apartamento pequeno, a tinta emoldura as cadeiras e a mesa. Como o espaço é integrado à sala de estar, a pintura geométrica ajuda a criar uma separação visual, além de garantir muito charme ao cantinho. Projeto do criador de conteúdo Karst Rauhé.

2. Cozinha
Décor do dia: cozinha americana com parede geométrica (Foto: Guilherme Pucci/Divulgação)Cozinha americana com parede geométrica (Foto: Guilherme Pucci/Divulgação)

 

A cozinha também pode ganhar um décor fora do convencional. Esta, por exemplo, recebeu uma parede toda revestida por azulejos geométricos. Para complementar, um néon divertido com a frase All you can eat deixa tudo ainda mais encantador. Projeto assinado pelo Studio Arquiteturas.

3. Quarto montessoriano

 

 

Casa de 350 m² ganha decoração alegre com pinturas geométricas e design assinado (Foto: Mariana Orsi/divulgação)Quarto de bebê com formas geométricas na parede representando a cidade (Foto: Mariana Orsi/divulgação)

 

Uma parede geométrica pode agradar todas as idades. Prova disso é esse quarto de bebê com estilo montessoriano e uma pintura com diferentes formas retangulares que representam a vista para prédios comum nas grandes cidades. A base cinza contrasta com o azul que simboliza o céu. Projeto assinado pelo escritório Lilutz Arquitetura & Interiores.

+ Quarto de bebê tem pintura geométrica na parede

 

4. Corredor

Décor do dia: cozinha aberta para a sala tem pintura geométrica e decoração jovial (Foto: Mariana Orsi)Para além da pintura, os elementos de décor também possuem formatos geométricos interessantes (Foto: Mariana Orsi)

 

Com apenas três cores e muita imaginação é possível criar uma composição diferente nas paredes do corredor, fazendo com que até a ida de um ambiente para outro seja uma experiência de encher os olhos – e impressionar as visitas. Mais um projeto do escritório Lilutz Arquitetura & Interiores.

Décor do dia: cozinha escura tem adega climatizada embutida

Décor do dia: cozinha escura com inox e adega climatizada embutida (Foto: Favaro Jr/Divulgação)


 

A cozinha desta casa em Arujá, no interior de São Paulo, mescla tons escuros com inox – presente em itens como a geladeira, coifas e na adega climatizada embutida na ilha na lateral à direita. No lado oposto, uma choppeira foi instalada para completar a diversão.

 

Décor do dia: cozinha escura com inox e adega climatizada embutida (Foto: Favaro Jr/Divulgação)Pedra escura foi a opção para mesclar com itens de inox no décor (Foto: Favaro Jr/Divulgação)
Décor do dia: cozinha escura com inox e adega climatizada embutida (Foto: Favaro Jr/Divulgação)Adega climatizada é embutida na ilha (Foto: Favaro Jr/Divulgação)

 

A arquiteta Fernanda Bertolla atendeu ao pedido da família, que queria uma casa funcional para receber bem amigos e familiares. No ambiente foram usadas pedras escuras e marcenaria sob medido que formam os armários e as prateleiras

Décor do dia: cozinha escura com inox e adega climatizada embutida (Foto: Favaro Jr/Divulgação)Mobiliário amadeirado nos armários e prateleiras (Foto: Favaro Jr/Divulgação)
Décor do dia: cozinha escura com inox e adega climatizada embutida (Foto: Favaro Jr/Divulgação)Lateral da ilha também é aproveitada para colocar garrafas (Foto: Favaro Jr/Divulgação)

 

 

O projeto completo do imóvel levou cerca de dois meses para ser elaborado e dois anos e meio para ser concluído. Gostou do resultado?

Como comprar um imóvel na planta

Decidir comprar um imóvel é sempre um passo importante na vida de alguém. Seja para investimento ou moradia, é preciso analisar suas opções e garantir as melhores condições, evitando futuros arrependimentos ou dores de cabeça. Antes de idealizar a casa ou apartamento perfeito para chamar de seu, é preciso ter calma, pé no chão e pesquisar, não somente a localização, mas qual modelo de negócios está procurando.

O mercado imobiliário traz diversas oportunidades para diferentes perfis de compradores, em meio a isso, comprar uma propriedade direto com a construtora, ou seja, na planta, é uma opção considerável para quem quer pagar preços menores com mais vantagens. 

Dicas para adquirir um imóvel direto na planta (Foto: Getty Images/Glowimages RF)Maquete mini de um apartamento (Foto: Getty Images/Glowimages RF)

 

Caso tenha se encantado com algum projeto que ainda está no papel, uma vez que a construção leva alguns anos para ser concluída, o primeiro passo é analisar adequadamente a proposta, assim como a empresa que irá executá-lo. Para a escolha do empreendimento, o especialista Cyro Naufel, diretor institucional do Grupo Lopes, atenta que o mais importante é ter clareza de seus objetivos e necessidades. "É essencial definir o que é importante. Na localização, por exemplo, podem ser serviços, transporte, vias de acesso, proximidade com locais de convívio. Já no tamanho do imóvel desejado, leve em conta o conforto de quem irá morar nele. Por fim e, muito imporante, o seu potencial financeiro." 

Pensando nisso, Cyro ressalta também a importância de não se apaixonar por aquilo que está fora do seu alcance, uma vez que pode gerar frustração.

Já sobre a parte jurídica e burocática, é interessante ter uma assessoria para facilitar o processo de compra. Entretanto, caso buscar uma imobiliária esteja fora de cogitação, o especialista enfatiza a importância de garantir a idoneidade das empresas envolvidas, pesquisando sobre seu histórico e empreendimentos já concluídos.

Purchase agreement for hours with model home (Foto: Getty Images)Pessoa assinando contrato (Foto: Getty Images)

 

Avaliando as comprar um imóvel na planta, Naufel destaca alguns pontos: 

Planejamento 

 

"Como o imóvel levará um tempo para ser entregue, o interessado tem este período para planejar suas escolhas de compra, pagamento, como irá realizar a mudança, e aspectos que muitas vezes representam um momento único na vida do futuro proprietário", enfatiza. Além disso, também é possível analisar com mais calma a vizinhança, observando pontos como infraestrutura de comércio, serviços e transportes. 

O tempo, apesar de gerar ansiedade – já que o imóvel representa uma nova conquista na vida do comprador –, é aliado para avaliar todos os aspectos envolvidos. 

Pagamento

 

"Na aquisição dos imóveis na planta, usualmente se paga 30% a 40% do valor durante o período de construção e após a entrega do bem assume-se o financiamento bancário ou quita-se com recursos próprios", explica o especialista.

Bank calculates the home loan rate (Foto: Getty Images)(Foto: Getty Images)

 

 

"Em relação ao financiamento junto a alguma instituição bancária, atualmente pode-se ter até 30 anos de prazo. Algumas incorporadoras oferecem o parcelamento direto com a empresa, evitando um intermediário. Neste caso, os juros costumam ser mais altos do que aqueles oferecidos pelos bancos", alerta o diretor. "Ainda se pode fazer um plano de pagamento até a entrega de chaves, evitando qualquer tipo de financiamento. A vantagem é a eliminação completa de juros, diminuindo o montante pago. No entanto, a maior disponibilidade de recursos é maior em um período menor de tempo."

Personalização da planta

 

Seu lar do seu jeito. Após realizada a compra, a própria incorporadora torna-se mais flexível diante do imóvel e oferece a oportunidade de alterar as unidades e personalizá-las. "Isso também evita as reformas – nem sempre desejadas –, mas que podem ser necessárias quando se adquire um imóvel usado", complementa o especialista.

Ezra Bailey (Foto: Getty Images)(Foto: Getty Images)

 

Assim, se sua prioridade para adquirir um imóvel não é imediata, vale considerar esse modelo de compra e avaliar se você se encaixa no perfil. Sucesso nos negócios!