Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador

Muito se fala sobre as paisagens paradisíacas do Caribe e das águas cristalinas das praias asiáticas. Mas a verdade é que o Brasil não fica nada atrás quando o assunto é destinos idílicos – e a Bahia é só um dos exemplos. Dono do litoral mais extenso do país, o estado abriga a Baía de Todos os Santos, que presenteia Salvador com belíssimos cenários. É nela, inclusive, que uma verdadeira joia da natureza está intacta e fora do radar dos viajantes: a Ilha dos Frades.  Por lá, a combinação de arquitetura histórica, mar cristalino e Mata Atlântica preservada forma o cenário dos sonhos.

 

Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)

 

Com 15 praias (muitas desertas e cheias de história) e mais de seis milhões de m² de Mata Atlântica preservada, a ilha é uma das mais exuberantes da baía, apesar de pouco conhecida. Nos últimos anos, a região tem recebido uma série de investimentos em requalificações urbana, social e ambiental, além de certificações internacionais de desenvolvimento sustentável.

+ 3 vinícolas nacionais que valem a visita

A seguir, confira 4 bons motivos para conhecer a Ilha dos Frades na sua próxima viagem para Salvador:

1. Turismo com História

 

Se você é um viajante que não abre mão de passar por lugares importantes para a história, irá se apaixonar por Frades. Com um rico patrimônio natural e cultural, a ilha se tornou ponto obrigatório do turismo eco-histórico. A região foi descoberta pelo navegador português Pero Lopes de Souza em 1531, 30 anos após a chegada dos portugueses à Baía de Todos os Santos. Mais tarde, as terras foram doadas aos jesuítas, que posteriormente permitiram a ocupação de lotes pelo sistema de aforamento.

Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Fachada da Igreja de Loreto, construída no século XVII (Foto: Divulgação)

 

Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Cerimonial Loreto abriga o Centro de Memória da Ilha dos Frades (Foto: Divulgação)

 

Toda a relação da Ilha dos Frades com o período colonial do Brasil pode ser conhecida durante uma tarde em Loreto, ao norte da ilha. Por lá encontram-se a charmosa Igreja de Loreto, do século XVII, completamente restaurada pela Fundação Baía Viva, e o Cerimonial Loreto, um casarão que no passado servia como sede da fazenda e hoje se transformou no Centro de Memória da Ilha dos Frades.

+ Descubra quais são as cinco estradas mais bonitas do mundo

2. Praia cristalina e deserta
Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Vista aérea da Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, na Ilha dos Frades (Foto: Divulgação)

 

A Praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe é parada obrigatória em Frades. Além de também abrigar patrimônios históricos, como a Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, construída pelos portugueses no alto de um cume, o extremo sul da ilha concentra um pequeníssimo vilarejo com ótimas opções de pousadas, restaurantes e vistas cinematográficas. Deserta, a praia de águas cristalinas parece uma piscina natural, daquelas convidativas para passar o dia. Tamanho esmero não é por acaso. Ela é premiada pelo Programa Bandeira Azul, certificação mais importante do mundo em gestão socioambiental de praias, marinas e embarcações de turismo.

+ Roteiro de viagem: o que fazer em dois dias em Ilhabela?

Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)A Praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe (Foto: Rafael Belém)

 

3. Pousadas encantadoras

 

Outro atrativo no sul da ilha são as charmosíssimas pousadas. A poucos passos da praia, é possível encontrar opções para diferentes gostos e bolsos. A mais encantadora delas é a Pretoca, que entrou até no radar de famosos. Comandado pela chef Angeluci Figueiredo, conhecida por todos como Preta, o hotel boutique conta com seis exclusivíssimas acomodações, decoradas artesanalmente com muita tradição, criatividade e história. Além do tratamento impecável da anfitriã (que só uma conversa com ela já rende uma segunda viagem), a pousada tem como diferencial respeitar o tempo do hóspede com opções de café, almoço e jantar sem horários pré-estabelecidos.

Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Muito garimpo e decoração artesanal marcam os ambientes da Pretoca (Foto: Rafael Belém)

 

Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Na Pretoca, café, almoço e jantar são servidos no tempo do hóspede (Foto: Rafael Belém)

 

Outra opção de estadia é a Eco Pousada Recanto da Lu, constituída por 11 gazebos diferenciados inspirados na experiência de camping. Cada acomodação recebeu um projeto de decoração singular assinado por diferentes arquitetos e designers.

+ Férias: 5 destinos brasileiros longe dos centros urbanos para viajar

Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Gazebo da Eco Pousada Recanto da Lu (Foto: Divulgação)

 

4. Experiências gastronômicas
Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Ingredientes fresquíssimos não faltam no Restaurante da Preta (Foto: Divulgação)

 

Boa comida é o que não falta na Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe. O mais disputado é o Restaurante da Preta, erguido nas dependências da Pretoca. Com culinária baiana da melhor qualidade, o local serve uma infinidade de delícias com frutos do mar, faz bonito com os pratos de carne e também agrada vegetarianos. Um dos mais pedidos é o mal-assada (pronuncia-se “malassada”), uma peça grande de filé bovino, servida malpassada em molho escuro da própria carne. Reza a lenda que o prato era um dos favoritos do escritor Jorge Amado. Em 2022, outros dois bons estabelecimentos abrirão as portas na ilha: o La Taperia, do chef espanhol José Morchón, e o Restaurante Bottino, do italiano Claudio Bottino.

+ 10 casas com arquitetura surpreendente para alugar no Airbnb

Ilha dos Frades: quando ir e como chegar?

 

Assim como Salvador, a Ilha dos Frades pode ser visitada em qualquer época do ano por quem procura sol, calor e praias de águas cristalinas. De abril a agosto, as chuvas são um pouco mais frequentes, mas nada que comprometa a viagem. De modo geral, os turistas que visitam a Ilha se programam para passar apenas um dia, mas vale investir um pouco mais de tempo e ficar por pelo menos três para explorar todas as praias e belezas do lugar.

Ilha dos Frades: 4 motivos para conhecer este paraíso escondido em Salvador (Foto: Divulgação)Terminal Marítimo da Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe (Foto: Divulgação)

 

Para chegar na Ilha dos Frades, existem dois acessos. A partir dos Terminais Marítimos de Salvador em embarcações privadas que podem ser alugadas, o trajeto dura em média 40 minutos; ou acesso terrestre até o Terminal Marítimo de Madre de Deus e travessia em barcos que podem ser coletivos ou privados locados com antecedência com pessoas da região.

 

*O jornalista viajou a convite da Fundação Baía Viva.