Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte

Quando a pandemia do novo coronavírus começou, muitos residentes da cidade de Nova York decidiram deixar suas casas e apartamentos rumo ao campo ou à praia. Não foi o caso do proprietário deste loft de 260 m² no SoHo, em Manhattan. Radicado em São Francisco na Califórnia, ele decidiu retornar à cidade e transformar o apartamento de temporada, onde costumava ficar ao visitar a família, em uma residência fixa.

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

 

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

“O morador é um homem solteiro na faixa dos trinta anos, com um cachorrinho. Ele trabalha com tecnologia em São Francisco, mas retornou durante a pandemia. Para ele, era importante que o apartamento, num edifício dos anos 1910, representasse um refúgio zen, alheio ao ritmo acelerado da cidade”, conta o designer de interiores Justin Charette, que trabalhou na reforma ao lado do arquiteto Andrew Berman.

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

O maior desafio, de acordo com Justin, foi administrar a planta livre, já que a construção original tornou-se residencial recentemente. O novo layout manteve a circulação livre e os ambientes integrados. O pé direito alto e as amplas janelas também foram grandes aliados já que proporcionam claridade para todos os cômodos. “Há um contraste natural entre a arquitetura do início do século 20 e a modernidade que o loft nova-iorquino representa. Nosso objetivo com o projeto de interiores foi atingir um equilíbrio entre os dois aspectos”, comenta o designer.

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

 

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

Em Nova York, loft tem décor sofisticado e repleto de arte (Foto: Sean Litchfield)


 

No décor, Justin decidiu manter os tijolinhos originais, em um tom de branco, enquanto investiu em móveis contemporâneos, tapetes com texturas suaves, e em muitas obras de arte e peças afetivas – incluindo o piano de cauda. Os tons neutros e claros predominam (algumas peças são revestidas de couro bege), mas há alguns pontos de cor no apartamento, como um sofá em veludo vinho. A madeira natural também aparece na marcenaria, dialogando com as vigas originais restauradas. “Este é um apartamento calmo e sereno com apelo atemporal. Tudo isso em um modelo de residência que é icônico em Nova York”, resume o designer de interiores.